Entre pontes e canais de Veneza

De TUDO QUE VI, as pontes, o grande canal, a praça de San Marco, tudo supera o imaginário.
Chegamos a Veneza de trem desde Milão. Saindo da estação, cada um com a sua mala, foi só pegar o vaporeto, barco coletivo que nos deixou na porta do hotel. Quer dizer, precisa saber para que lado se quer ir. Os barcos não são circulares. É preciso identificar pelo número o trajeto e o local da parada. O nosso era número 82. Pegamos para o lado contrário e já fizemos um tour. Descemos e pegamos na direção certa.
No continente tem aeroporto e boa infraestrutura, especialmente em Mestre, mas ficar fora [...]

Milão em um dia

De TUDO QUE VI, Milão oferece boas atrações para conhecer. A dica é se hospedar numa área central. A cidade, na região da Lombardia, norte da Itália, foi a primeira parada numa das nossas viagens ao país.
 
A nossa ida a Milão aconteceu mais por uma questão de logística do que por escolha. Tínhamos um roteiro definido na Itália e a única cidade italiana para onde a companhia aérea escolhida voava era Milão. E isso foi um facilitador para os nossos planos. Mas foi interessante e valeu muito ter feito essa parada antes de seguir para Veneza, Pádua, Verona, Lago di Como e, depois, Suíça, Alemanha…
Em Milão, [...]

De barco para ver a arte em vidro perto de Veneza

Murano e Burano, duas ilhas bonitinhas onde se vê produção artesanal com vidro, é uma interessante atração para uma rápida saída da área turística principal de Veneza. Murano, por exemplo, parece uma miniatura de Veneza.

Perto dos restaurantes em Veneza e, principalmente, ao longo do cais, representantes de empresas de turismo oferecem o transporte gratuito para ver o processo de transformação para criação das peças em vidro. Mas se não comprar nada por lá, esse pessoal dá um chá de cadeira para lhe trazer de volta.

De qualquer forma, nesse passeio dá para ver a produção de várias peças em vidro.
Fomos apenas a Murano, que é mais perto do centro [...]

Apaixonante Roma

De TUDO QUE VI, a capital italiana pode ser melhor aproveitada se o visitante se interessa por história. O período de dominação do Império Romano deixou marcas em todas as partes da cidade.

Roma não é um simples destino turístico, é um conjunto de experiências e sensações, para olhar, pegar, sentir e se emocionar com a história diante de si. A capital italiana é o berço das civilizações e nota-se um esforço em preservar essa identidade sem perder um ar cosmopolita de importante capital européia, que se nota no intenso movimento do trânsito e de pessoas, na quantidade de turistas e na variedade de espetáculos, cafés e restaurantes.
Roma é toda [...]

Verona, mais do que a terra de Romeo e Giulietta

De TUDO QUE VI, o aspecto medieval do centro histórico é de uma beleza arrebatadora, com destaque para a arena, para as ruas com o lindo casario e, claro, para o imaginário amor desse jovem casal, bem explorado na cidade.

 
Fizemos uma visita relâmpago a Verona, uma passadinha de poucas horas, marcada por curiosidades e surpresas, a maioria positivas. Deixamos Veneza no começo do dia, onde pegamos o carro alugado, e passamos logo em Pádua. Ao chegar a Verona, parecia uma cidade comum do interior da Europa, limpa, organizada e bonita. Mas logo encontramos um cenário de tirar o fôlego: uma muralha medieval e uma arena que nos remeteu [...]

Os encantos do Lago di Como

De TUDO QUE VI, o Lago di Como é uma imensidão a ser explorada em pequenas vilas ou atravessando de barco para conhecer outros locais. E o Lago di Garda é de encher os olhos.
De carro desde Veneza, saindo bem cedo e já tendo passado em Pádua e Verona, estávamos na estrada com destino ao Lago di Como, onde tínhamos reserva num hotel à beira do lago. Quase no fim da tarde, com quase três horas pela frente, uma placa na estrada nos fez mudar o percurso para conhecer o Lago di Garda, destino sugerido e bem falado por um amigo.

Garda é o maior dos lagos italianos e [...]

Visita histórica e religiosa a Pádua

De TUDO QUE VI, as praças repletas de obras de arte, as igrejas seculares e a universidade contam a história dessa importante cidade italiana.
Passamos poucas horas em Pádua (ou Padova, em italiano, e Padoa no dialeto local), na região do Vêneto, nordeste da Itália. A cidade foi inserida no roteiro pela importância histórica que possui e pelas características religiosas.
Pegamos o carro reservado na locadora em Veneza e fizemos um trajeto começando por Pádua e que só terminaria, nesse dia, no Lago di Como, passando ainda em Verona e em Sirminone, no Lago di Garda.

O acervo cultural de Pádua é riquíssimo, com praças ornamentadas com belas esculturas e [...]


free vector