Para algumas ilhas é possível ir de avião, até mesmo direto de algumas cidades da Europa. Mas a parada em Atenas vale muito, pela importância histórica da capital grega.

De barco, a partida é do porto de Pireus. Para chegar ao porto, o metrô é uma boa alternativa. De Syntagma (baldeação em Monastiraki) leva 20 minutos. Mas como os barcos têm hora marcada não dá para brincar em serviço: para ir às ilhas gregas sem um pacote, é preciso comprar a passagem do barco um ou dois dias antes (€ 30 sem lugar marcado, na econômica e pode chegar a € 50 se for expresso) em agências na cidade. Há partidas pela manhã e à tarde, mas não são muitos horários.

É preciso estar no portão certo pelo menos 30 minutos antes da hora marcada, quando começa o embarque. Os barcos partem na hora exata. Ao chegar ao porto, o passageiro precisa procurar um ponto de ônibus com a numeração do píer de onde sairá o barco. Pode ser longe do portão principal.

Dica: nas ilhas gregas, bermuda e roupas leves são trajes comuns. Se for até Creta ou Santorini, por exemplo, pode voar para Atenas ou diretamente para a Europa. Mas, o limite de peso da mala é de 20 kg, em geral. Como deixamos as nossas malas no hotel em Atenas e usamos mochilas para a circuladas pelas ilhas gregas, pegamos um voo de Santorini para Atenas sem preocupação com peso de bagagem.

Transporte para as ilhas: mais comum em barcos confortáveis rápidos como esse ou estilo ferry boat

Transporte para as ilhas: mais comum em barcos confortáveis rápidos como esse ou estilo ferry boat

Saindo do porto de Pireus, se afastando de Atenas
Saindo do porto de Pireus, se afastando de Atenas

De Atenas até a ilha de destino o barco faz algumas paradas

De Atenas até a ilha de destino o barco faz algumas paradas