De TUDO QUE VI, as pesadas pedras levadas para uma região montanhosa é uma intrigante e inesquecível experiência nos campos do interior do Reino Unido.

Um círculo, formado por enormes e pesadas pedras, que pode ter sido usado para estudos astronômicos, para magia, pode ter motivos religiosos ou tantos outros é um importante atrativo turístico do Reino Unido.

Stonehenge abertura

É intrigante imaginar como aquelas pedras foram dispostas de forma tão simétrica numa parte alta do campo, longe de tudo, provavelmente três mil anos antes de Cristo, na Idade do Bronze. Hoje, a estrada desvia desse círculo de pedras e do centro de atendimento ao visitante, estrutura necessária para atender tantas pessoas que chegam ao local diariamente.

Stonehenge centro de visitantes

Stonehenge está na região de Amesbury, no sul da Inglaterra. Não há transporte público passando pelo local. Nada de trem ou uma linha regular de ônibus, com parada próxima. De Oxford, conseguimos uma excursão e com pouco mais de uma hora chegamos. Pegamos um audio guide para entender a história das pedras alinhadas e partimos para a área aberta, onde nos deparamos com vento forte, de um frio cortante, apesar do sol forte. Pelo menos foi assim em novembro, quando estivemos lá. Parece uma miragem, às margens da rodovia. É realmente impressionante.

Stoneheng Lúcia e Rodrigo
As pedras têm até cinco metros de altura e pesam quase 50 toneladas. Como foram colocadas ali, sem equipamentos só disponíveis na engenharia recente, é um intrigante questionamento.

Stonehenge pedras detalhes

Historiadores e pesquisadores identificam que o círculo de pedras foi construído ao longo de muitos anos, em três períodos históricos. Inicialmente por volta de 3100 a.C., como um santuário em círculo alinhado com o pôr do sol do último dia do inverno e com as fases da lua.

Stonehenge detalhes pedras

As pedras começaram a ser levadas para esse local por volta de 2.150 a.C., transportadas das montanhas a cerca de 20 quilômetros dali. Finalmente, por volta de 2075 a.C. novas pedras foram erguidas, maiores e mais pesadas.
Há muitas histórias e estudos sobre Stonehenge. Fala-se de movimento de corpos celestiais, ciclos rituais ou relógio que pudesse determinar o ciclo agrícola, a partir do solstício de verão ou do solstício de inverno. Até um cemitério pode ter sido esse local, conforme estudos mais recentes.

Stonehenge sol

O fato é que o sol nasce ou se põe em conexão com a posição de cada pedra. Em alguns dias, parecem feitos um para o outro. Teorias à parte, círculo de pedras é uma dessas inesquecíveis experiências turísticas. É mais do que uma simples parada na estrada para ver um monumento ou uma paisagem. É uma marcante vivência para tentar entender o passado naquela região.

LEIA TAMBÉM: posts relacionados
O Reino Unido a partir de Londres
O castelo de Edimburgo e muito mais
Bath, a cidade cinza e os banhos romanos