O ideal é reservar um hotel nas proximidades da Praça Syntagma, no bairro Plaka. É central em relação às atrações e ao transporte, e dá para fazer muita coisa a pé (lojas, restaurantes, bancos, agências de viagens).

Perto da Acrópole há outras duas estações do metrô e também há hoteis. Essas estações são Monastiraki (comércio tradicional e turístico forte) e Thissio (bairro charmoso, com muitos hotéis, bares, restaurantes e uma vista linda a partir de todos os cafés). Nesse bairro, a rua Apostolou Pavlou circula a parte baixa da Acrópole desde o templo de Zeus Olímpio e o Arco de Adriano (que podem ser vistos também da Acrópole).

Perto da Syntagma há opções de comércio e serviços, e a própria praça e seus arredores são lugares para conhecer. Ficamos no Amazon Hotel, a duas quadras da Syntagma (€ 110 com ar condicionado e café).

A nossa estada foi na primeira semana de setembro, quando ainda é média estação. Hotel simples, perto da rua Ermou (lojas de grifes e magazines locais) e a 10 minutos andando e subindo até a Acrópole. Ficamos duas vezes nesse hotel, pois deixamos as malas para levar apenas mochilas para a viagem pelas ilhas.

Na primeira hospedagem recebemos um up grade para uma suíte com varanda e vista para a Acrópole. Um luxo poder olhar para esse monumento da janela do quarto, no começo do dia ou à noite, quando fica todo iluminado. Se quiser quarto com vista para Acrópole especifique o seu pedido. O monumento pode ser visto de alguns pontos da cidade, mas do quarto do hotel é maravilhoso.